Dor Pelvica na gestação

Dicas para aliviar a dor pélvica durante a gestação

A gravidez traz muitos incômodos durante todos os meses, dentre elas a dor na região pélvica. Cerca de metade das gestantes dizem sofrer de algum tipo de dor nas costas ou na pelve.

 Quais são as causas das dores pélvicas?

Geralmente é por conta do crescimento uterino. Do início ao fim da gravidez o útero aumenta 20 vezes. Geralmente essa dor começa a ocorrer no quarto mês de gestação. Esse aumento aperta os ossos da região da cintura, virilha e lombar, gerando esses incômodos.

Durante a gravidez o corpo produz um hormônio chamado relaxina, que torna os ligamentos da pelve e de outras articulações mais elásticos. O propósito é ajudar na passagem do bebê na hora do parto. Essa elasticidade deixa as articulações mais “soltas” ao longo da gestação.

Em casos mais graves, a dor pélvica recebe o nome de disfunção da sínfise púbica – dor que chega a ser incapacitante, sendo necessário fazer tratamento.

O peso do bebê é outro agravante, ou seja, grávidas de bebês maiores ou gêmeos sofrem mais com a dor pélvica.

Geralmente a dor ocorre em apenas um lado, podendo se concentrar no bumbum. Ela pode irradiar – se pela parte de trás das pernas também.

Caso a dor apareça no fim da gestação, é possível que a cabeça do bebê esteja se encaixando dentro da pelve!

Como essas dores surgem?

Essas dores podem surgir por consequência de atividades simples, como virar na cama, levantar, sentar ou simplesmente andar. Os sintomas podem ser transitórios, mas tendem a permanecer durante toda a gestação se não forem tratados.

Quando procurar um especialista?

Existem alguns fatores de risco que fazem algumas mamães ter mais dor pélvica na gravidez do que outras. O consumo de álcool, cigarro, drogas, inflamações, aborto em gestação anterior, uso de DIU e idade superior a 35 anos são possibilidades.

A dor pélvica é comum, mas é preciso estar atento. Procure seu médico em caso de dor insistente, parecida com uma cólica.

Sugestões para amenizar a dor pélvica na gestação

  • Evite deitar sobre a barriga ou com o ventre para cima;
  • Evitar esforços;
  • Use bolsa de água quente no lugar da dor;
  • Quando for trocar a calça, sentar-se;
  • Evite abrir exageradamente as pernas;
  • Evite ficar apoiado em uma perna só;
  • Evite se sentar sobre o cóccix, relaxado no sofá ou cadeira;
  • Ao se levantar, afaste as pernas e apoie os braços.

Mesmo assim, se a dores permanecerem procure seu médico.

Você tem sentido dores? Como tem sido seu dia a dia? Conte para nós através da nossa rede social!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn